Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008
Uma Forma de Amar
Um dia a nossa mente culminará
A minha alma exaltará
Numa união vasta e perfeita.
Jamais imaginarás partir
Nunca vais desistir,
Da nossa forma de viver.
 
Uma forma inalcançável
Aos comuns mortais,
Que não vivem…
Sobrevivem.
 
A esses comuns mortais
Que não aceitam as fraquezas
Que se fecham
Num mundo de preconceito…
Assim não aceito!
 
A verdade da ignorância,
Que vos causa sofrimento
E algum arrependimento.
 
Vivei amando apenas um.
Que o vosso coração
(e apenas o coração)
Não pertença a mais nenhum…
 
O resto do corpo
É inútil aos olhos do teu amado
Teu eterno apaixonado.
 
OS demais,
Jamais chegarão ao teu coração.
Repleto de amor
Incontornável, Insaciável…
 
Serás sempre a minha Certeza
A minha Verdade
A minha Ternura
O meu Aconchego
O meu carinho
Sobretudo amigo
És incrível!
Mas acima de tudo,
Insubstituível.
 
Eu serei apenas
O que sempre fui para ti…
Pura e Verdadeira
Como quando nasci!
 
publicado por My Way às 11:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
.posts recentes

. Uma Forma de Amar

.arquivos

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds