Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008
Amor Diferente
De repente,
Deu-me uma enorme vontade
De falar contigo,
Como se as palavras
Desejassem ser ouvidas,
Aclamadas pelo passado…
Marcado…
 
Tudo era Puro
Sentido e Verdadeiro.
Afinal foi o primeiro…
 
A saudade de recordar,
Um dia…
Um dia de projectos,
De certezas
De esperanças
São tantas as lembranças!
 
Um dia em que o futuro
Estava a um passo do “Sim”.
Gostava de me sentir assim…
De novo, por um dia que fosse.
 
Ser só coração,
Ser a razão e a força
Ser a mulher de glória
Ser família viva.
Ver Alegria.
 
Gostava de me sentir
Insubstituível
De todas as formas, todas…
Sentir que nunca tocarias
Em mais ninguém.
Ser tudo para alguém.
 
Talvez assim,
Eu voltasse a ser quem fui…
Fui e já não sou…
São as feridas
Feridas que o tempo marcou…
Marcou.
publicado por My Way às 10:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
.posts recentes

. Amor Diferente

.arquivos

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds