Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007
TU

Se existe sentimento que eu possa lembrar de ti, e que eu sinta com mais frequência é sem duvida a SAUDADES. É impressionante o que fizeste comigo e eu contigo... trata-se de ACREDITAR, em mim... em ti... num NÓS.
 
E de repente, sem sabermos o porquê e sem conseguirmos controlar... o inevitável aconteceu. A necessidade da presença, da palavra, da voz, do olhar... aquele olhar... onde já nada mais importa. Onde só isso chega para esquecer todas e quais queres, incertezas. Mas quem não as tem?  Quem não pensa... como e com quem é que ele/ela estará, mas sobretudo a pergunta é...Como andará aquele coração?  
E quando tudo e todos me empurravam para um "esquece", "não sejas burra", "tens tudo"... Não, não tinha, se tivesse a minha vida não teria mudado... Só que a mudança era inevitável.
 
Mas sabem!? Nós (pessoas que nos separamos) não temos tudo... podemos ter dinheiro, segurança, podemos ter casa, cama, não passar fome, sede e frio... é algo que nos transcende... que nos ultrapassa... sabem porquê... porque se fica triste e não se tem um motivo... afinal tudo aponta para um "Tudo" um tudo falso... falta preenchimento, felicidade, paz interior... luta, progresso.
 
Aquela frase do "ela/ele tinha tudo" é mentira... se há mudança... pelo menos alguém não tinha tudo... não tinha tudo o que precisava para ser feliz, pode não ser dinheiro, casa, carro, nem sequer vida estável. Trata-se talvez de intensidade.
 
Intenso... tudo em ti. Não é por ser um começo... È porque, és assim. Serás sempre. Por isso nos marcas. Por isso quem conhece, não te esquece. Não és vulgar, falso, não dás valor aos bens materiais.   Não és fútil, não te serve qualquer uma... (pelo menos para estar ao teu lado). Por isso, sim... sou privilegiada, por me teres escolhido. Por fazeres da minha vida uma montanha russa de mudanças. Por saber que tudo isto vale a pena. Por sentir que tu também sentes que somos...inseparáveis. E não... não vou deixar, que a tua ou a minha frieza... acabe com algo tão puro e tão verdadeiro como já nem o mundo se lembra de algo assim... Nem eu , nem tu achávamos isto possível. Então vamos valer este sentimento.
sinto-me:
tags: ,
publicado por My Way às 16:37
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
.posts recentes

. Adeus blog... Olá amigos.

. Obrigado por me magoares....

. Infeliz

. Amor Diferente

. Uma Forma de Amar

. Num Inferno, Perto do Céu

. Desejo Carnal

. Estou contigo, sempre con...

. Calmante

. Reforça a palavra "Amar"

. Momento Vigoroso

. Peço-te Desculpa

. Nova Imagem de "I smile b...

. No fim de uma noite.

. Lista para seres perfeito...

. Fazes parte de mim.

. Pedaço de mim que fica, p...

. 1º Beijo

. Mensagens Unidas...

. Obrigado

. O porquê da Loucura e o A...

. Aqui está o verdadeiro e ...

. Momento guardado para sem...

. Ele sente o mesmo...

. TU

. Certezas

. Perto do Natal!!!

. Mais um dia... e mais sau...

. No mínimo embaraçoso!

. Um dia depois da "separaç...

.arquivos

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds